Quando vejo esta Lisboa

Quando vejo esta Lisboa

Visita de estudo

Camila Lopes | Português | 29 de abril de 2019

ESMTG

No dia 29 de abril, as turmas H e I, e mais dois alunos da turma M, do 12º ano, realizaram uma visita de estudo a Lisboa no âmbito da disciplina de Português.

A nossa visita começou, na parte da manhã, com um percurso pessoano denominado “Quando vejo esta Lisboa”. Partimos do sítio onde Fernando Pessoa nasceu, passámos pelo Largo de São Carlos e percorremos várias ruas na zona da Baixa e do Chiado, sempre acompanhados pela explicação de uma guia da Casa Fernando Pessoa. Durante o passeio fomos incitados a registar, quer em palavras quer em imagens, detalhes das oito estações por que passámos, o que nos permitiu não só construir um mapa personalizado dos lugares e das experiências por que passámos, como também participar no percurso com a leitura de diversos poemas, realizada por nós, e a sua gravação, caso quiséssemos fazer um vídeo do nosso roteiro. Ao longo do percurso aprendemos bastante e pudemos descobrir e explorar as lojas, casas, cafés, entre muitos outros sítios, que fizeram parte do quotidiano de Fernando Pessoa durante a sua vida familiar, profissional e amorosa, dando-nos a capacidade de imaginar como seria aquele lugar nessa altura e, assim, entrar na história.

À tarde fomos ao Mosteiro dos Jerónimos complementar a nossa aprendizagem da manhã, assistindo a uma incrível peça de Teatro denominada “As Máscaras de Pessoa”. Nela pudemos assistir a um diálogo cativante e a um “confronto” de ideais entre os três heterónimos: Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro Campos e o semi-heterónimo Bernardo Soares, em torno da vida de seu “Pai” Fernando Pessoa, com um texto muito bem escrito e intercalado e uma interpretação pela parte dos quatro atores excecional. 

Assim terminou a nossa visita a Lisboa, uma visita que passou a “correr” mas onde, tal como diz Fernando Pessoa: “O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem”.

Camila Lopes | N.º 4 | 12.º H

By : Faustino Santos /Junho 25, 2019 /Uncategorized /Comentários fechados em Quando vejo esta Lisboa